Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

05/06/2008

Cães noruegueses promovidos a funcionários públicos.

(Fonte: Sol ) O Supremo Tribunal da Noruega decidiu que os cães-polícias devem ser equiparados a funcionários públicos, o que eleva a pena de prisão para quem se atrever a agredir um agente canino. O caso que levou esta quinta-feira á decisão histórica da justiça norueguesa remonta a Maio de 2007. Foi nesse mês que, em Bergen, um homem de 29 anos foi supreendido pela polícia a tentar arrombar a porta de um apartamento, pondo-se em fuga. A perseguição a pé só terminou quando um cão-polícia, o Casper, derrubou o potencial ladrão, que ainda pontapeou o agente canino. A polícia de Bergen decidiu então acusar o criminoso de tentativa de invasão de propriedade e de agressão a um agente policial. Depois de duas instâncias menores terem deixado cair a segunda acusação - sustentando que o crime apenas se aplica aos que agridem humanos -, o Supremo Tribunal decidir que «um ataque a um cão-polícia deve ser julgado como um ataque a um qualquer funcionário público». A decisão vai obrigar a um novo julgamento do agressor, mas tem uma consequência imediata: a Noruega passa a ter mais 182 funcionários públicos... de quatro patas.
Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto