Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

27/04/2009

Muitos ainda enterram bichos por conta própria.

(Fonte: Correio da Manhã)

O enterro de animais por conta própria é desaconselhado, por razões de saúde pública, mas continua a ser prática comum. Ainda assim, em meio urbano são cada vez mais as clínicas veterinárias que se encarregam em dar destino adequado aos corpos dos bichos.

Algumas autarquias já dispõem de incineradoras para eliminação de cadáveres de animais. Em Lisboa, no canil de Monsanto, a incineração de animais tem vindo a aumentar. No ano passado foram incinerados 11 144 animais, a maioria cães e gatos, face aos 10 754 em 2007 e 9990 em 2006.

A taxa de incineração é de 11,14 euros e os lisboetas estão isentos. Já na Fundação São Francisco de Assis, em Cascais, custa 190 euros um serviço em que o corpo é velado e cremado e as cinzas depositadas numa caixa, como num funeral humano.

Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto