Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

05/07/2009

Rottweiler morde menino de cinco anos

(Fonte: Correio da Manhã)

O rottweiler sempre tinha sido amigo do pequeno Diogo, de cinco anos, mas ao final da tarde de anteontem um pequeno momento de desatenção bastou para que o menino fosse atacado durante uma brincadeira com o animal em casa, em Tabuado, Marco de Canaveses.

Ninguém percebe o que levou ‘Foguinho’, um rottweiler de dois anos e que tem as vacinas em dia, a atacar a criança com quem estava habituado a brincar. Diogo Lomba foi mordido na cara e ontem teve de ser operado no Hospital de S. João, no Porto, onde está internado, livre de perigo.

Há seis meses, o cão também mordeu um rapaz na perna, mas tudo não passou de uns arranhões. Agora a família de Diogo quer abater o animal.

"O cão nunca lhe fez mal. Estava com o menino junto à casa quando o Diogo foi para o lagar. E o cão foi atrás dele. Ouvi depois um berro e fui logo ver o que se tinha passado", contou ao CM Pedro Queirós, um amigo da família que costuma tratar da criança na ausência da mãe.

Deitado no chão, Diogo chorava e estava ensanguentado. O pânico tomou conta da família que imediatamente ligou para o 112 a pedir socorro. "Liguei logo para o número das urgências, ficámos em pânico. Foi uma aflição", explicou ao CM Lúcia Queirós, amiga da família.

Volvidas poucas horas após o ataque, a família do menino disse ao CM recear que ‘Foguinho’ volte a morder alguém. "Vamos contactar com o veterinário municipal para fazer aquilo que é necessário. Tem de ser", rematou ao CM Tânia Monteiro, tia de Diogo.

DIOGO TEVE DE SER OPERADO À CARA

Alertado pelos gritos do menino, Pedro Queirós foi de imediato ao encontro de Diogo, prostrado no chão. Estava ensanguentado e tinha sido mordido na face pelo rottweiler. De imediato, ligou para o 112 e a criança foi levada pelos bombeiros do Marco de Canaveses para o Hospital S. João, no Porto, onde se mantém internada.

Ontem, Diogo Lomba foi submetido a uma cirurgia.

"O menino está melhor, mas foi um susto muito grande para todos nós. Foi operado e deve agora recuperar lentamente. Felizmente o cão tem as vacinas em dia", explicou Tânia Monteiro, tia de Diogo.

Na casa situada na Travessa da Sorte, em Tabuado, Marco de Canaveses, além do rottweiler, a família de Diogo tem também dois dálmatas que nunca mostraram agressividade. "O ‘Foguinho’ nunca foi agressivo com o Diogo, brincavam muito juntos. Nunca pensámos que tal poderia acontecer porque é muito meigo", rematou a tia.

PORMENORES

IRMÃOS FERIDOS

Solange, sete anos, e o irmão Carlos, de 12, foram atacados em Março deste ano por dois cães que vivem na EB 2/3 Teixeira Lopes, em Vila Nova de Gaia. Os miúdos brincavam à bola no recinto, num sábado à tarde, quando foram surpreendidos pelos animais que fugiram da jaula. Solange foi mordida na barriga e o irmão teve de ser suturado num braço.

LABRADOR ATACA

Um menino, de quatro anos, foi mordido na cara e no ombro por um labrador em Abril, em Lordelo, Paredes. O cão costumava brincar com crianças.

ROTTWEILER MORDE BEBÉ

Em Abril uma bebé, de dois anos, foi mordida por um rottweiler (na foto em baixo) em Belas, Sintra. A criança sofreu golpes profundos e hematomas.

Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto