Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

26/02/2009

Angola: Surto de raiva já matou 83 crianças em Luanda.

(Fonte: Diário Digital)

O surto epidémico de raiva que assola a capital angolana já provocou a morte a 83 crianças, embora o número de casos esteja a baixar, disse hoje à Lusa o director-geral do hospital pediátrico de Luanda, Luís Bernardino.

Em declarações à Agência Lusa, Luís Bernardino referiu que a semana passada foi o ponto mais alto da epidemia com o registo de 13 casos, mas nos últimos cinco dias apenas houve um caso, cujo paciente se encontra internado.

O surto de raiva começou entre Outubro e Novembro de 2008. Em Janeiro, decorreu na capital angolana uma campanha massiva de vacinação de animais, onde foram imunizados mais de 100 mil cães, gatos e macacos, estando em curso a recolha de animais vadios pelos serviços sanitários do Governo Provincial de Luanda.

Segundo o director do hospital pediátrico, os doentes continuam a chegar tardiamente depois de mordidas por algum animal, o que está na origem das mortes sucessivas porque a vacinação só é eficaz num curto período após a infecção, que os médicos estimam em cerca de 24 horas.

«Nós aqui não temos a obrigação de vacinar ninguém. Temos sim a missão ingrata de assistir as pessoas que vêm aqui morrer, mas o ideal devia ser feito nos centros de saúde, através da vacinação», lamentou Luís Bernardino.

Para o médico, o facto de nos últimos cinco dias se registar apenas um caso de raiva é «confortante», o que leva a crer que as populações estão a observar as medidas de prevenção contra a doença e a diminuição dos vectores transmissíveis, que são os animais não vacinados.

«É preciso fazer muito mais para que não haja mais casos de raiva porque o que fazemos aqui é aliviar a dor das famílias, que numa situação de aflição acorrem ao hospital», frisou.

Há cerca de uma semana, quando os números do Hospital Pediátrico apontavam já para a existência de 72 crianças mortas, o Governo Provincial de Luanda informou que em toda a rede sanitária da província existiam apenas 62 vítimas mortais.

Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto