Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

25/02/2009

Jovens alunos educam animais abandonados em Alcochete.

(Fonte: Diário de Notícias)

Projecto escolar. Estudantes com 15 anos decidiram ajudar canil municipal

A Kelly tinha falta de afecto, mas agora não se afasta de Isabel. Não gosta de gritos e, por isso, responde imediatamente à voz meiga da treinadora. Kelly é uma cadela que, juntamente com outros dez cães do canil municipal de Alcochete, treina com os alunos da Escola Básica do 2.º e 3.º ciclos El Rei D. Manuel I, sob a voz firme de comando do sargento Guilherme. Juntos tentam impor disciplina uns aos outros.

Os caminhos dos jovens e dos cães cruzaram-se, há dois anos, por causa da área de projecto dos alunos que quiseram apoiar uma instituição do concelho. "A nossa turma fez uma campanha de solidariedade para ajudar o canil, andámos a pedir dinheiro e apoios de porta a porta", conta Ivo Ganhão, de 16 anos.

Os jovens treinadores têm entre 14 e 15 anos e são todos voluntários no canil municipal. Daqui os cães abandonados só saem se forem adoptados. Nenhum é abatido. Dona Ana, a responsável pelos actuais 76 animais, refere com orgulho que "não damos um cão doente, os animais são acompanhados por um veterinário. Damo--lhes todas as condições para viverem bem".

Duas vezes por semana, os jovens juntam-se para treinar os seus companheiros de quatro patas. "Junto", ouve-se ao longo do caminho que vão percorrendo durante o passeio. É a voz de comando que indica aos animais que têm de se manter alinhados com o tratador.

Depois de ver os animais sentar, deitar e fazer de morto, o sargento Guilherme comenta: "O trabalho é todo dos miúdos. Estes cães não sabiam sequer sentar. Não tinham maneiras nenhumas." O conjunto, treinador e cão, parece completar-se. "É engraçado como os cães têm as mesmas características que os tratadores. São irrequietos, sossegados ou pequenos como os jovens que os acompanham", explica o sargento.

O treino dos cães começou há um mês, quando o sargento Guilherme chegou ao canil com este projecto. Antes disso, os voluntários ajudavam exclusivamente na rotina do espaço e dos animais.

Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto