Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

11/12/2008

Moda: Primeira colecção para cães desenhada por portugueses apresentada sexta-feira.

(Fonte: RTP Notícias ) Lisboa, 11 Dez (Lusa) - Vestidos e casacos para cães desenhados pela primeira vez por estilistas portugueses são apresentados sexta-feira na Galeria Chiado, uma colecção que faz com que a expressão "vida de cão" fique cada vez mais fora de moda. Manuel Alves e José Manuel Gonçalves são os responsáveis por esta colecção, especialmente desenhada para a "Animal Minimal", a primeira loja de moda canina em Portugal, que abriu há um ano no Espaço Chiado. Em declarações à Lusa, o proprietário da loja, Nuno Martins, disse esperar que este projecto com a dupla de estilistas seja "um primeiro passo" para que, à semelhança das marcas internacionais, as nacionais passem a ter colecções próprias para animais de estimação. Quanto a perspectivas de outras colecções futuras com carimbo nacional, Nuno Martins afirmou: "Esperemos que possam surgir novas oportunidades". O mercado da moda canina já tem mais de dez anos nos Estados Unidos e a Portugal, onde dois milhões de casas têm animais de estimação, chegou apenas no final de 2007. Mas se a crise afecta outros sectores da moda, a roupa para cães parece ter vindo para ficar. Depois da loja no Espaço Chiado, a "Animal Minimal" estendeu-se até à Guia, em Cascais. "Acreditamos no potencial do mercado português, até pelo tipo de produto que vendemos", disse à Lusa Nuno Martins, reconhecendo que os negócios "estão a andar bem". Segundo uma pesquisa da associação americana de fabricantes de produtos para animais de estimação, nos Estados Unidos 64,2 milhões de casas têm cachorros, 62 por cento dos donos dos cães comemoram o aniversário do seu animal de estimação como se de um filho se tratasse e 20 por cento incluem o cão no seu testamento. Na América, em 2007, os gastos na indústria de animais de estimação chegaram aos 22,9 mil milhões de euros, contra os 19,2 mil milhões em 2001. A Ásia segue a mesma tendência, com mais de 500.000 animais de estimação em Xangai e mais ainda em Beijing, onde os donos gastam com os seus animais de companhia cerca de 50 milhões de euros/ano. Na Europa, só a Alemanha gasta cerca de três mil milhões de euros, com países como a França, Itália e Espanha logo atrás.
Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto