Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

20/07/2009

Espanhóis esgotam hotel de luxo para cães.

(Fonte: Jornal de Notícias)

A Tula e o Crispin, mãe e filho, de raça pastor-catalã, já são hóspedes habituais, no Verão, do Dog Hotel, na cidade de Elvas, um complexo de luxo para animais que esgota na época balnear graças à clientela espanhola.

No hotel de luxo, os animais podem usufruir de jaulas individuais, com espaço interior e exterior, camas individuais, banhos, música ambiente, passear-se pelo espaço ao ar livre, bebedouros automáticos para fazer face ao calor, viajar de táxi, assistência veterinária 24 horas por dia e todos os outros mimos a que estão habituados em casa. Tudo 10 euros a estadia diária (cães) e seis euros (gato).

A Tula passa férias no hotel da cidade raiana desde cachorra, há 13 anos. A dona, Imaculada, que vive na vizinha cidade espanhola de Badajoz, está a passar férias em Portugal e todos os dias telefona, mais de uma vez, para saber como estão os seus animais de companhia.

Em tempo de férias, a questão "onde deixar os animais" tem resposta, há 15 anos, para os espanhóis que vivem na região da Extremadura, que faz fronteira com Portugal. São eles os principais clientes deste hotel de luxo para animais, que na época balnear "está esgotado", garante Casimiro Reinol, proprietário do hotel.

O espaço, com uma área de 7.500 metros quadrados, dispõe de 44 jaulas para cães e três para gatos. Casimiro Reinol assegura que o seu hotel "é de cinco estrelas", pois os animais dispõem de todos os "cuidados e mordomias que merecem na ausência dos donos". O empresário garante que, "com iguais condições, só em Lisboa ou Madrid há hotéis assim".

O hotel tem vigilância 24 horas por dia, mas devido à solicitação dos clientes, Casimiro vai instalar, até ao final do ano, em todas as jaulas, uma webcam para que os donos, onde quer que estejam, possam ver os seus animais "sempre que quiserem".

Sergio Diaz Ramirez, também morador em Badajoz, deixou o seu cão, o Graucho, no Dog Hotel, enquanto goza um período de férias em Huelva (Espanha). O animal passeia-se "feliz" pelo espaço, que já lhe é familiar. "É a terceira vez que o Graucho fica aqui hospedado, porque o hotel tem qualidade, limpeza e transmite-me confiança. Foi o melhor espaço que encontrei", garante Sergio.

Há animais que têm objectos favoritos e que os levam consigo em tempo de férias. "Há um cão, que nós temos aqui, que traz sempre o sapato do dono. É uma forma de ele se sentir em casa", brinca Luísa Carapinha uma das funcionárias do Dog Hotel.

Na altura do Verão, as reservas estão "esgotadas" e, durante o resto do ano, há épocas igualmente altas, como é o caso do Natal e da Páscoa. "Às vezes, as pessoas deixam aqui os animais, porque o casal se separa e até não decidirem quem fica com ele está hospedado no hotel, outras vezes é porque estão a fazer obras em casa ou porque vão passar fins-de-semana fora", esclarece Casimiro Reinol. A procura deste serviço de luxo para animais de companhia é de tal ordem que o proprietário sente necessidade de aumentar a capacidade de alojamento.

Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto