Adicionar aos favoritos   Login   Pesquisar 

Notícias

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 

20/11/2008

Cão atropelado sobrevive apesar de ser arrastado vários quilómetros.

(Fonte: SOL ) Um cão foi atropelado em Itália por um carro a mais de 110 km/h, que o arrastou por 24 quilómetros na grelha frontal. Ainda assim o 'milagre' aconteceu e o pequeno cachorro está vivo, apenas com uma perna partida   É aquilo a que se pode chamar uma hipótese num milhão. Um pequeno cão foi atropelado por um automóvel que seguia a mais de 110 km/h em Cozze, no Sul de Itália. Não só resistiu ao impacto como sobreviveu a mais 24 quilómetros em que ficou preso no carro em andamento, até o condutor chegar a casa. Quando Marco Manozzi, o condutor, chegou a casa, ficou pasmado com o que viu na frente do carro. O cão estava preso dentro da grelha frontal do seu carro, que tem algum espaço livre até ao radiador. Foi aí que o cachorro ficou encaixado. O condutor apercebeu-se do acidente, mas achava que o cão tinha ficado morto na estrada. Mais espantado ficou quando viu que não só não tinha ficado na estrada, como estava vivo ainda, e chamou então um veterinário. O cão, que tem uma perna partida e algumas escoriações está agora num canil a recuperar enquanto espera um dono, de preferência que ande apenas de bicicleta.
Rss
Treino de Cães ao Domicílio «» Casa do alto